Londres

Os 10 melhores brunches de Londres

 

Na minha última temporada em Londres, escolhi tomar um bom café da manhã, todos dias.

Sou daquelas apaixonada por café da manhã de hotel e sempre que posso experimento os mais variados tipos.

Lembro de ter escutado falar sobre brunch ainda na adolescência e fiquei vidrada para conhecer e entender o que era. E descobri ser mistura perfeita, além do fato de poder acordar um pouco mais tarde e esticar esse momento tão bom.

Brunch é a refeição entre o café da manhã e o almoço, e uma substitui a outra. A palavra Brunch é a junção de café da manhã (breakfast) e almoço (lunch).

Acho que o ritual do Brunch é perfeito para qualquer ocasião, de preferência nos fins de semana, onde temos mais tempo para as refeições. Combina muito com o verão, quando servido com espumante gelado. Mas tambem aposto no inverno, com caldos e sopas deliciosas. É aquele momento de relaxar, colocar o papo em dia, contar como foi a semana e desfrutar o melhor da refeição.

Em Londres, aos domingos, o brunch vira “Sunday roast”, uma referência ao assado especial do dia, uma tradição britânica!

Por isso tratei de conhecer os melhores brunches de Londres e aqui vão as sugestões:

 

 

  • Balthazar – Convent Garden

Sou muito fã do restaurante de NY e quando descobri o brunch no de Londres, corri para conhecer. Os pratos são parecidos, mas no de Londres a oferta de crepes e panquecas é maior. Tem para todos os gostos: do crepe ao hambúrguer (com fritas, claro!). Além dos doces, servem os melhores ovos Benedict da cidade. Caso queira uma refeição mais completa é só esperar pelo divino spaghetti com lagosta. Entre as bebidas temos espumantes geladíssimos e o famoso bloody mary da casa. Enjoy!

 

 

  • Cecconi’s – Mayfair

Famoso pela culinária italiana, eles servem um brunch a moda da casa. O lugar é lindo, pertinho da Bond street e servem um brunch delicioso com os melhores tipos de prosecco. Se você quer um lugar descontraído e divertido, Cecconi’s é o lugar!

 

 

  • Orangery – Kesington Gardens

Dizem que tem uma das melhores cartas de chá de Londres. Como adoro chá, arrisquei e não me arrependi. Um lugar super charmoso, uma verdadeira casa de chá. Tem todos os sabores do mundo! Experimentei um de limão siciliano (perfeito) e um chá preto, ambos maravilhosos. Para quem prefere algo mais heavy, a carta de vinho também faz bonito. Servem pães, bolos, tortas, sanduichinhos (dos mais variados), docinhos, scones e muitos mais. Se você também é louco por chás, vale muito conhecer!

 

 

  • The Breakfast Club – Islignton

Um lugar super descolado e diferente para um brunch. Fica perto da Upper Street e serve os pratos mais pedidos num brunch: panquecas, ovos Benedict, sanduíche de salmão, scones, tortas, chás e espumantes. Tudo isso a um preço bem acessível. Não se assuste com as filas na porta, vale a pena esperar um pouquinho!

 

 

  • 34 Restaurant – Mayfair

Se você é fã de ovos, então esse é o lugar certo. Eles servem ovos com uma infinidade de recheios: peixe, lagosta, camarão, caranguejo, salmão defumado, aspargos, linguiça e muito mais. Além dos clássicos: panquecas, massas, saladas, sanduichinhos, scones e doces. No domingo o Sunday roast é caprichado com um assado com todos os acompanhamentos possíveis!

 

 

  • Duck & Waffle – Heron Tower

Esse vale a pena pelos dois pratos mais pedidos da casa! O primeiro leva o nome do restaurant: Duck and Waffle! É servido um pato confit com ovos, mostarda e mel, por cima de um waffle super macio. O segundo prato é uma rabanada da casa com maçã assada, calda de caramelo quentinha e sorvete de canela – deliciosa!

O restaurante tem uma vista privilegiada, fica no último andar da Heron Tower em The City. Não deixem de ir!

 

 

  • Riding House Café – Fitzrovia

O Riding House é uma all-day brasserie (daquelas que não fecham entre os horário das refeições) e servem tanto o brunch como o tradicional café da manhã ingles (English breakfast)

Tem varias opções de ovos pochê, mil recheios de panquecas e vários sabores de chá. Eles servem também no estilo bar, com pequenos pratos (estilo tapas) para dividir. O preço é otimo e o lugar é super bem decorado.

 

 

  • Granger & Co. – Notting Hill

Apesar da fila nos fins de semana, o Granger vale a espera. O restaurante é de um chef australiano (Bill Granger) e é um dos lugares mais legais que fui dessa vez. Servem as melhores panquecas e os ovos mexidos são perfeitos, leves e saborosos.

Inclusive já foi eleitos um dos melhores ovos mexidos de Londres. As panquecas doces também fazem muito sucesso. Soma-se a isso tudo o fato do restaurant ficar num dos bairros mais charmosos do mundo! E depois de um belo café, que tal dar uma volta por Portobello road? Fica bem pertinho e vale como programa do dia!

 

 

  • The Wolseley – Mayfair

Outra boa sugestão é o brunch do The Wolseley. Só a decoracão já valeria a visita, mas a comida é tão boa quanto. A decoração nos lembra aqueles cafés de Paris, com janelas enormes e muita luz natural.

O brunch serve os famosos ovos pochê (com vários recheios), batatas, doces, brioches, chás e um delicioso chocolate quente. Por ser um lugar badalado, sugiro que façam reserva antes – a fila é longa.

 

 

  • The  Lanesborough – Knightsbridge

Esse superou todas as expectativas! Fica no salão de chá do The Lanesborough Hotel – um lugar lindo, super aconchegante, com atendimento impecável. Servem os scones mais fofinhos da cidade e tem uma pâtisserie de fazer inveja: docinhos, tortas, brioches, sanduíches saborosos, geléias artesanais e chás bem diferentes.

Não é a toa que foi o vencedor do The Tea Council Award of Excellence!

 

 

Gostaram das dicas? Deixem outras sugestões!

 

 

0 comment

10 cidades na Europa que você precisa conhecer

 

1 – Amsterdã

A capital holandesa, com seus canais, bicicletas e casas antigas, possui a peculiaridade de ser uma cidade cosmopolita com cara de pequena.  É charmosa, encantadore e além disso, a liberdade que impera lá não é encontrada em nenhum outro lugar da Europa. Museus de arte como Rembrandthuis e Van Gogh são paradas obrigatórias. O melhor período é na primavera européia, quando as tulipas florescem.

2 – Barcelona

Boa culinária, fantástica arquitetura e muito agito. Barcelona é hoje uma das mais badaladas e vibrantes cidades do velho continente. Aproveite os tradicionais restaurantes de tapas e bares, os diversos concertos de música catalã e museus de Antonio Gaudí até Picasso. Fuja da alta temporada do verão europeu onde tudo fica mais cheio e tumultuado e se puder visite a cidade no outono ou primavera.

3 – Berlin

Após a queda do Muro, a cidade se modernizou, mas não esqueceu sua história. Partes do muro e dos tempos de guerra fria ainda estão fincadas e o bunker onde Hitler ficou nos últimos dias de guerra pode ser visitado. Não esqueça de conferir a principal marca de Berlim: a Porta de Brandenburgo. O ideal é ir entre os meses de maio e outubro, quando a temperatura da cidade está bem agradável.

4 – Lisboa

Uma atmosfera despretensiosa com uma arquitetura diversificada faz de Lisboa uma cidade única na Europa. Visite os diversos museus e galerias de arte. Tenha tempo para saborear a culinária local. Não esqueça de lugares como Alfama, Bairro Alto e Praça do Comércio. Todas são símbolos históricos da capital lusitana. No final do verão, Lisboa está calma e esbanja sensualidade, já na primavera dias quentes intercalam com noites mais amenas.

5 – Londres

Trata-se da principal metrópole do continente europeu. Hóteis, restaurantes, lojas e boates são todas de primeira linha. A arquitetura e cultura não fica para trás. Você precisa conhecer certos  lugares como o Big Ben, a London Eye, National Gallery, British Museum, Torre de Londres e confira a troca de Guarda Real no Palácio de Buckingham. Uma cidade desse porte pode e deve ser visitada em qualquer época do ano.

6 – Milão

A capital mundial da moda é também um ótimo lugar para desfrutar de excelente culinária, ópera, igrejas e artes. Além das famosas boutiques de grife, visite o Teatro Alla Scala, os museus Pinacoteca di Breta e Leonardo da Vinci Museu de Ciência e Tecnologia e a Igreja Duomo. O calor do verão é bem forte, o ideal é  ir no começo da primavera ou outono.

7 – Paris

A mais glamourosa e romântica cidade do mundo. Tem ampla oferta de museus, restaurantes, bistrôs, café e hotéis para todos os gostos e preços. Lugares como Torre Eifel, Museu do Louvre, Centro Pompidou, Jardim Luxemburgo e Montmartre são points imperdíveis para qualquer pessoa. O melhor período, sem dúvida, é na primavera, quando a vegetação nos entornos do Rio Sena começa a florescer e a cidade ainda está tranquila. O período de Natal mostra uma Paris iluminada e enfeitada.

8 – Roma

Uma cidade carregada de história. Por mais de dois milênios, visitantes vêm conhecer as belezas de Roma como Coliseu, Pantheon, Fórum Romano, Praça da Espanha e Vaticano. Aproveite também para desfrutar do melhor da culinária italiana com muita pizza e massa. Roma deve ser visitada na primavera ou no outono, já que durante o verão o calor é muito forte.

9 – São Petersburgo

Por mais de dois séculos, os czares da Rússia governaram São Petersburgo, deixando fortes marcas na arquitetura da cidade. A grandiosidade das catedrais e dos palácios fascina. Não deixe de ir à Igreja on Spilled Blood, ao museu The Hermitage e ao marco da cidade: Admiralty. Apesar do frio, no inverno a cidade fica coberta de neve e ganha um clima especial. Para apavorados por temperaturas negativas, a pedida é a primavera.

10 – Viena

Antes considerada por muitos um local sem vida e ultrapassado, Viena se redescobriu. Além dos belos monumentos, palácios, museus e teatros de ópera, hoje a capital da Áustria possui excelentes e novas opções de restaurantes e bares. Além disso, é considerada umas das cidades européias mais fresca e bonita, com seus belos jardins. Vá para Viena no verão sem se preocupar com o calor exorbitante.

E vocês? Quais dessas cidades já visitaram?

Qual dessas cidades é a mais romântica para viajar a dois?

Deixem suas dicas também!

 

Fonte: Terra, Drift Turismo

64 Comments