travel

Top 5 cafés em Paris

Uma das coisas que mais gosto de fazer em viagem é descobrir cafés charmosos pelo caminho. 

Além de ser apaixonada pela bebida, eu adoro o clima das cafeterias, o cheiro, ver a movimentação das pessoas no lugar.

Em Paris, as cafeterias tem uma energia tão boa, que descobrir esses lugares é quase uma obrigação pra mim. 

Se você também é louco por cafés, dá uma olhada nessa listinha com algumas opções por lá. 

 

1) Soul Kitchen 

Uma cantina super charmosa no coração da Montmartre!

As 3 chefs que comandam o lugar conseguem transformar o café numa experiência muito agradável. O cardápio é grande, com muitas opções de cafés, pães e bolos. 

 

2) Terres de Café

Esse fica no Marais e a dica aqui (se estiver sozinho) é sentar no balcão, pertinho do barista. Mas vale a pena esperar uma mesa se tiver companhia. 

Eles servem cafés de todos o canto do mundo, entendem muito do assunto e o ambiente é muito descolado. Não deixem de visitar!

 

3) Café Verlet

Se estiver perto do Louvre, o Verlet é a melhor opção por ali.

É um dos cafés mais antigos de Paris e ainda conta com o charme da decoração e atendimento familiar.

Ótima escolha para descansar e degustar bons cafés depois de visitar o museu.

 

4) La Caféothèque Paris

Um dos mais charmosos da lista… a começar pela localização: fica na Ilê Saint-Louis.

Sou suspeita para falar, mas esse é um dos lugares que mais amo em Paris!

E essa cafeteria é uma das mais lindas e interessantes da cidades.

Além de um menu incrível, ainda fazem cursos sobre a profissão de barista, aulas sobre as melhores torras e muitas outras atividades. Se tiver que escolher um, minha sugestão é essa aqui!

 

5) Café des 2 Moulins

Esse é o famoso café da Amélie Poulin!

Fica na Montmartre e continua idêntico ao que vemos no filme. Para quem gosta do filme, a visita é obrigatória! 

Servem bons cafés, mas o cardápio não é tão variado quanto os outros listados acima.  Vale visitar nem que seja pela atmosfera, decoração e energia do lugar. 

 

E vocês? Quais as cafeterias preferidas em Paris?

 

0 comment

Cheval Blanc – St. Barth

Do avião já é possível perceber a água azul turquesa e uma vegetação linda lá embaixo.

Me preparei para o pouso na pista mais curta que eu já vi na vida, entre uma colina íngreme e uma praia de areia branca, mas felizmente foi mais legal do que assustador. Minutos depois já tinha um motorista esperando para nos levar para o hotel!

Flamands Beach, fica a apenas 2,7 km do aeroporto na costa norte e abriga o belo Cheval Blanc, nossa casa nos próximos dias.

O hotel fica na extremidade da enseada ao lado de uma fileira de casas à beira-mar, onde os donos são frequentemente vistos andando com seus cachorros ou jantando nos restaurantes do hotel.

Ao contrário das outras ilhas do Caribe, St Barths é território francês e realmente a gente sente como se estivesse em St Tropez!

Mas não precisa se preocupar, a equipe toda fala inglês e são muito receptivos, profissionais e chiques, sim… uma equipe maravilhosa. E esse estilo impecável continua nos interiores do hotel, onde toques de rosa percorrem todo os cômodos, como se fosse uma casa de praia mesmo, dessas bem intimistas.

É minimalista, elegante e a atenção aos detalhes é excelente. É tudo tão lindo que eu queria que eles vendessem alguns dos utensílios para que eu pudesse trazer um pouco desse lugar comigo.

São 40 quartos, incluindo suítes à beira-mar com piscinas de borda infinita privativas, bangalôs nos jardins e banheiras de hidromassagem.

Meu quarto tinha vista para a piscina e praia, e assim que cheguei fui recebida com o pôr-do-sol perfeito, champanhe e morangos frescos com chocolate – tudo divino. A cama é super confortável, o banheiro é grande e cheio de produtinhos que a gente adora.

Toda noite você recebe um presente surpresa: chinelos decorados, uma bolsa de praia, colar de flores. É muito legal esperar o que vai chegar para o dia seguinte. 

Se você gosta de bons restaurantes e comidas que enchem os olhos, certamente não ficará desapontado em nenhum dos restaurantes.

O primeiro, La Cabane de l’Isle, fica na praia e é a mistura perfeita de mesas brancas, pés na areia e muita sombra. Tem sempre um mini-desfile com as modelos locais que desfilam com roupas à venda na boutique do hotel.

A degustação de vinhos também é uma opção por aqui, que aliás foi uma ótima maneira de começar a noite antes do jantar.

Em outra noite, degustamos um menu degustação de sete pratos, criado pelo Chef Vinsot, que foi excelente e é perfeito para qualquer casal em lua de mel.

O segundo restaurante, La Case de l’Isle, fica à beira da piscina e serve um vasto buffet de café da manhã. Não deixem de experimentar a salada de lagosta e os camarões com arroz negro.

Eu sei que nem todo mundo quer relaxar na praia o dia todo, então, se você está atrás de uma lua-de-mel mais ativa, há muitas opções pela ilha.

Gustavia, a capital, fica a cerca de 4 km de distância e é um ótimo local para tomar um drinque com vista para os super iates no porto – experimente o Bonito, um restaurante descolado, logo ali na frente.

Outra opção é fazer um circuito de barco, mas cuidado para não se distrair com as lojas de grife que parecem mais uma mini versão da Bond Street, em Londres e perder o horário.

Já a bordo de um catamarã muito elegante, partimos navegando pela ilha, observando tartarugas e peixes em águas cristalinas ao longo do caminho. O almoço foi servido no convés pela equipe do hotel, regado a vinho rosé gelado.

A essa altura da viagem, eu já estava completamente apaixonada por St Barths e Cheval Blanc, mas confesso que a minha experiência no SPA cimentou a ilha no meu coração.

Uma massagem indiana, banho romano e chás terapêuticos fizeram dessa uma das melhores experiências da vida!  

Cheval Blanc, fiquei ainda mais fã… São Bartolomeu, je t’aime!

 

0 comment

Treize Bakery Paris

 

” No final deste pátio discreto, você encontrará um dos restaurantes mais aconchegante de Paris, onde misturam vegetais franceses frescos e ervas com antigas tradições do sul, para criar uma inebriante comida para todos os momentos do dia. As reservas são essenciais para o brunch de fim de semana. ”

Foi assim que descobri o Treize.

A chef, Kirsten nascida e criada na África do Sul, foi desenraizada e se mudou para a França ainda jovem, onde rapidamente aderiu ao modo de vida francês.
Quando cresceu, se apaixonou pela culinária. Juntou as especiarias do lar, o calor e a hospitalidade do sul-africano (que nunca a deixaram) e trasnformou a comida que oferece.

Seu desejo incessante de viajar contribuiu para uma infinidade de sabores e texturas. Navegando pelo sudeste da Ásia, Caribe e América Central, Kirsten finalmente foi descansar em San Fransisco, onde encontrou um gosto pelo modo de vida californiano, trabalhando entre chefs talentosos como Dominique Crenn e Jonathan Black.

Após seu recente retorno a Paris, uma descoberta foi feita – Treize au Jardin, um Salon de The, que os proprietários Laurel e Kaysa orgulhosamente chamam de lar. É um espaço onde o mundo é filtrado, a vida desacelera, as flores flutuam sobre as mesas de madeira, quadros com afirmações positivas decoram a parede e o calor de Treize envolve você.

Foi decidido em um instante que este era o lugar perfeito para Kirsten e seu amigo e chef Maxime Bertrand fazerem sua primeira aparição colaborativa!

Por isso, sugiro que você passe uma tarde por lá, desfrutando do sabores, cheiros, calor e a excelente comida, ao pé dos Jardins de Luxemburgo, por apenas algumas horinhas.

Tenho certeza que a sua experiência da cidade luz será completamente diferente dessa vez!

Onde?
Treize au Jardin, 5 rue de Medicis, Paris 6.

0 comment

Be Jardin Escondido by Coppola – sua hospedagem romântica em Buenos Aires.

Bourbon Exclusive (BE) Jardin Escondido By Coppola

Se está procurando um lugar para fazer o pedido de casamento, passar a lua de mel, ou um feriado romântico, este é, sem dúvida, um dos hotéis mais especiais de Buenos Aires

Mas antes de falar do hotel, preciso falar dessa marca incrível, a BE – Bourbon Exclusive. Criada para designar hotéis que oferecem aos hóspedes uma experiência diferenciada e única, cada hotel proporciona uma descoberta exclusiva de hospedagem. São hotéis singulares, com personalidades distintas. 

A experiência de se hospedar nos hotéis da marca pode ser percebida na decoração, gastronomia, e serviços personalizados.

O hotel, como seu nome sugere, traz o um pouco da história do cineasta Francis Ford Coppola, que passou alguns anos de vida no local, enquanto gravava o filme Tetro, e deixou registros que poderão ser vivenciados pelos hóspedes.

A localização é privilegiada, fica em Palermo Soho, um dos bairros mais vibrantes de Buenos Aires, reconhecido pelo centro de design da cidade, além de ser um bairro jovem, com lojas modernas, bares e excelentes restaurantes.

É de fato um hotel exclusivo: ambiente ímpar, charmoso e acolhedor. Toda decoração foi cuidadosamente escolhida por Coppola e sua esposa, Eleanor.

Todos os quartos contam com ar condicionado, TV, cofre, mesa, armário, frigobar e banheiro privativo. Algumas acomodações possuem banheira e varanda com vista para o jardim. Você pode, inclusive, tentar a sorte e reservar o quarto de Coppola ou de sua filha, Sofia

São três níveis de jardins, piscina, cozinha ao ar livre, biblioteca e videoteca.

O ponto alto é o lindo terraço rodeado de plantas de todos os tipos e a privacidade de sete apartamentos confortáveis e autênticos.

Quem consegue resistir a tanto charme numa hospedagem?

Reservas em: contato@viajandoadois.com

0 comment

5 destinos românticos de Lua de Mel na praia

Pensar em Lua de Mel é pensar em romance, descanso e muita mordomia.

Para quem gosta de sol e mar, os destinos de praia em resorts são opções incríveis para isso!

Aqui listei 5 lugares de praia perfeitos para casais em lua de mel com informações super legais e dicas preciosas. 


1) Koh Tao, Tailândia

POR QUE IR: Porque se contentar com uma praia de tirar o fôlego quando você pode experimentar várias? A idéia aqui é alugar uma moto e procurar sua praia favorita entre tantas opções maravilhosas. 

ONDE FICAR: O resort para adultos Koh Tao Bamboo Huts (com diárias a partir de US$ 212) tem 19 cabanas na beira do mar. Todas com vista para a água, além de uma varanda ao ar livre. Você também pode reservar com piscina privativa e jacuzzi para dois.

O QUE FAZER: Relaxe na praia privada do hotel ou faça o famoso curso de mergulho local.

2) Aruba

POR QUE IR: Apelidada de “One Happy Island” por sua localização privilegiada fora da rota dos furacões e temperatura média de 30 graus o ano todo, esta ilha é uma das mais ensolarados de todo o Caribe.

ONDE FICAR: Cada quarto no recém-inaugurado Ritz-Carlton Aruba (com diárias a partir de US$ 399) tem uma varanda privada. Reserve o quarto com vista para o mar e viva a Lua de Mel dos sonhos nesse paraíso. 

O QUE FAZER: Embora este e a maioria dos outros hotéis estejam localizados em Palm Beach – a praia famosa de Aruba -, aventure-se um dia na Arashi Beach para curtir a areia branca e o mergulho com snorkel. Ou tente a sua sorte no enorme cassino do resort.

3) Fiji

POR QUE IR: As ilhas que formam Fiji estão cercadas por recifes de coral, em lagoas quentes e belas praias.

ONDE FICAR: O Likuliku Lagoon Resort Fiji com regime all inclusive na Ilha Malolo é o único resort em Fiji com bangalôs que são construídos em estilo tradicional fijiano com materiais locais.

O QUE FAZER: Passear por trilhas naturais tranquilas que levam a uma vista espetacular das Ilhas Mamanuca, visitar a aldeia vizinha e explorar locais antigos.

4) Little Cayman, Ilhas Cayman

POR QUE IR: O menor e menos desenvolvido (leia-se: tranquilo) das três Ilhas Cayman, Little Cayman tem uma população com cerca de 170 pessoas, o que significa que a maior parte da ilha é uma praia deserta.

ONDE FICAR: Hospede-se numa casa de um quarto de frente para o mar no The Club Little Cayman e relaxe na praia isolada da propriedade.

O QUE FAZER: Aventure-se na remota lagoa South Hole Sound para nadar com pouquíssimas pessoas. Ou alugue um barco até a pequena e deserta Owen Island para contemplar a natureza em sua forma mais primitiva. Vocês vão sentir como se fossem as duas únicas pessoas no mundo.


5) St. Barth

POR QUE IR: Esta ilha é um dos destinos mais sofisticados do Caribe e seu mood francês oferece um apelo elegante semelhante à Riviera Francesa.

ONDE FICAR: Todas as suítes e villas do intimista hotel Le Sereno têm terraços e jardins privativos – e a maioria tem vista para o mar.

O QUE FAZER: Pegue uma cesta de piquenique, roupas de banho e toalhas de praia e vá até a linda Colombier (a cor da água será uma das mais linda que você já viu), que só é acessível de barco ou a pé.


Qual dessas vocês escolheriam?

0 comment